Palavras de Past-Mestre Conselheiro

O que é a Ordem Demolay para você?
Qual o seu aprendizado no cargo de MC e como Demolay?
Como você vê o futuro para a Ordem Demolay?

XX Gestão Administrativa - 1/2013

MC Alex Yudi - A Ordem DeMolay, utilizando-me de metáforas, é um pai, um pai que prepara, que acolhe e que nos ensina o que é certo e o que é errado. Afaga nas horas de necessidade e castiga-nos quando merecemos. Muitos se dizem agradecidos pelos ensinamentos e experiências que a Ordem lhes proporcionaram, não sou diferente, aprendi e aprendo muito com tudo aquilo que vivencio, seja  com meus irmãos e/ou com desconhecidos que conheço através de ações diversas da Ordem. Sempre fui de poucas palavras e muito tímido, porém pude deixar isso um pouco de lado graças ao incentivo que a Ordem me deu para me expressar. Se hoje falo em público, devo isso totalmente à Ordem.

O cargo de MC trouxe, junto consigo, uma carga de responsabilidade que tive que agüentá-la. Tive que ser mais organizado e mais esforçado. Ouso dizer que nunca aprendi tanto em minha vida, como nos 6 meses como MC, seja organizando eventos, pensando em logísticas etc. O aprendizado é quase que completo, por ser muito amplo e, ao final de tudo, aprendi o que julgo ser a maior lição deste cargo: a humildade deve ser posta em primeiro lugar. Pois,  é necessária a humildade para que se possa escutar e guiar seus liderados; não é apenas com palavras que se guia uma multidão, mas com ações, pois as ações mostram que você está, de fato, disposto a trabalhar pelo bem comum.

O futuro da Ordem depende de nós e tenho certeza que esse futuro será glorioso. A Ordem Demolay tem se expandido cada vez mais e o reconhecimento dos trabalhos bem feitos é o mais gratificante. Espero e tenho certeza que ainda muitos jovens ingressarão e farão parte dessa instituição que visa uma sociedade mais justa e correta. Que a Ordem Demolay seja a árvore e os jovens líderes de nossa sociedade sejam os frutos.

XIX Gestão Administrativa - 2/2012

MC Jordan Giovanny - A Ordem Demolay é uma ferramenta que lapida o caráter do jovem. Acabamos, sem perceber, sendo mais dinâmicos. Essa dinâmica abrange desde simples tarefas individuais (escrever atas, organizar a ordem do dia, verificar os pagamentos das mensalidades), passando pela oratória, até chegar nas atividades grupais - que são as mais difíceis, porém as melhores, haja vista o esforço de tentar compreender e respeitar o posicionamento do outro. E é justamente neste ponto que ressalto meu maior aprendizado como Mestre Conselheiro. Muitas vezes, ao preparar um projeto, o MC idealiza-o de uma forma. Parece que tudo se encaixa no seu pensamento, na sua teoria. No entanto, quando posto em prática, acontecem coisas que não foram previstas. Isso pode ser bom, mas também ruim, dependerá do que ocorreu. É justamente nesse aspecto que o MC se destacará por resolver os problemas da melhor maneira. Espero que nas gestões seguintes haja um maior envolvimento dos membros com coisas simples relacionadas à Ordem. Por exemplo, saber sua história, elaborar um projeto, falar nas reuniões, permanecer com a amizade além da Sala Capitular. Acredito que nas coisas simples retiramos os meios básicos para se chegar aonde quisermos. O importante não é chegar ao topo da montanha, mas sim a escalada até ele. Demolays, uni-vos!

XV Gestão Administrativa - Nominata - 2/2010

MC Felipe Neto - A Ordem DeMolay é uma escola para a vida, pois através de experiências dentro e fora  da sala capitular aprendi e continuo a aprender como me tornar uma pessoa melhor a cada dia. E com os seis meses de Mestre Conselheiro,  aprendi  ter mais organização, ter mais amor ao meu país, ouvir mais do que falar e principalmente a humildade acima de tudo, pois assim como é falado na cerimônia de posse: “Das fileiras viestes e as fileiras retornarás.” Pois não importa o grau de significância de um cargo, na Ordem DeMolay estamos unidos sempre pelo mesmo ideal, assim nos tornando iguais. A Ordem DeMolay sempre foi futurista, pois prepara os jovens  hoje para que sempre possam ser as melhores pessoas do amanhã, jovens que através dos ensinamentos serão bons cidadãos e com ce

Back to top